Rede de Pesquisadores

Download premium illustration of Brown o

SOBRE

Novos tempos pedem novas mobilizações. Com o objetivo de compartilhar estudos e criar redes colaborativas, mais de 700 pesquisadores, estudantes e profissionais da saúde participaram do “I Fórum Latino-Americano de saúde mental na pandemia.


Após a realização do Fórum, surgiu a ideia de criar uma rede de pesquisadores que desenvolvem estudos sobre o tema na América Latina, como uma forma de manter os pesquisadores atualizados e possibilitar colaborações. 

 

GRAVAÇÃO DO FLASM

Durante as cinco horas de evento, foram apresentados 18 estudos desenvolvidos em 13 universidades e instituições do Brasil, Argentina, Chile, Guatemala e Cuba.

 

As discussões foram centradas em cinco eixos de pesquisa: “Correlatos psicológicos da pandemia na população em geral”, “Estudos sobre o efeito psicológico e biológico em populações específicas”, “Aspectos da pandemia sobre mulheres grávidas e recém-nascidos”, “Infância e adolescência na pandemia”, e “Terapia e psicologia positiva em tempos de pandemia”.

GRAVAÇÃO DO FLASM

Durante as cinco horas de evento, foram apresentados 18 estudos desenvolvidos em 13 universidades e instituições do Brasil, Argentina, Chile, Guatemala e Cuba.

 

As discussões foram centradas em cinco eixos de pesquisa: “Correlatos psicológicos da pandemia na população em geral”, “Estudos sobre o efeito psicológico e biológico em populações específicas”, “Aspectos da pandemia sobre mulheres grávidas e recém-nascidos”, “Infância e adolescência na pandemia”, e “Terapia e psicologia positiva em tempos de pandemia”.

Centro histórico de Lisboa

ESTUDOS PARTICIPANTES

Por meio desta tabela catalogamos as pesquisas da nossa rede. 

Para inserir os dados da sua pesquisa, clique aqui

 

DESEJA SABER MAIS SOBRE EVENTOS COMO O FLASM?

Informe seus dados para acompanhar os eventos relacionados.

©2020 por COVIDPsiq.